Tomires… um cangaceiro de chuteiras

TARDES DE PACAEMBU

Não importavam as dores provocadas por um profundo corte na cabeça, por uma fratura no nariz ou mesmo na clavícula. Tomires permanecia no gramado de qualquer maneira!

Superação e dedicação eram marcas registradas desse lateral e zagueiro, que defendeu o Flamengo nos primórdios do Estádio do Maracanã nos anos cinquenta.

O bravo Tomires de Souza Galvão nasceu na cidade de Barra do Santo Antônio (AL) no dia 8 de fevereiro de 1928.

Ainda muito jovem, seu primeiro time foi Clube de Regatas Brasil, popularmente conhecido como CRB, em 1944.

Atuando pelo CRB, Tomires formava dupla de zaga com Miguel Rosas e já naquela época sua forma de jogar duro lhe rendeu o apelido de “Cangaceiro”, ou ainda “Lampião”.

Tomires era decidido nas divididas e não perdoava os atacantes que procuravam desmoralizá-lo com seus dribles.

Algum tempo depois da conquista do bicampeonato alagoano de 1950/1951, Tomires foi negociado com o América…

View original post 638 more words

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s